sexta-feira, 6 de setembro de 2019

FIM DE TARDE

Collado
FIM DE TARDE

Fim de tarde, pôr do sol,
sentados sob os ramos fortes
do castanheiro,
expomos palavras
e sentimos ser o lugar certo
para ouvir os pássaros.
O ventinho Norte sopra forte
acrescentámos à alma
o calor dos corpos.
Conjugámos o verbo ser
no explendor da natureza
e adormecemos cansados
com a lua a bater de frente.

Sem comentários:

Publicar um comentário